Paula Parreira

repórter + esportes + música + Itumbiara + jornal + Goiânia + futebol + mostarda + dorminhoca + tênis + blog + Guilherme + família + óculos + café + fotos + Pateta + O Popular + marshmallow + amigos

quarta-feira, 25 de abril de 2007

E eu que nem lembrava que tinha que atualizar aquilo ali no canto. Agora já tá certinho.

***

O engraçado é ir num lugar todos os dias, conversar com as pessoas como se fossem velhas amigas, tê-las no orkut, elas saberem que eu trabalho em jornal (mas não sei se olham meu nome lá) e me chamarem de Carol. Pode?

***

Bem, acho que vai dar pra ir numa festinha no fim de semana.

***

Se eu não atualizo aqui na hora que eu quero, não consigo atualizar na hora que eu posso. De agora em diante, só posts assim, insossos. Não que os outros não fossem.

segunda-feira, 16 de abril de 2007

No futuro, o jogo de ontem ficará conhecido como "A Tragédia do JK".

***

E mais uma vez o Campeonato Goiano ganhou mais destaque do que de costume no noticiário nacional. É que o Fabrício Carvalho fez um gol de mão. E ainda fizeram um apanhado dos gols que ele já fez, ou tentou fazer, desse jeito. O cara devia ter sido jogador de vôlei. Talvez nem tivesse tido o problema no coração. Quer dizer, isso daí não tem nada a ver. Mas é só pra tirar uma com o cara mesmo. E só o Vila mesmo. Leva gol de mão e até gol do Aldo.

sábado, 14 de abril de 2007

Ouvindo Super Furry Animals, em Itumbiara, enquanto apresento o Itumbiara para a semifinal do Goianão.

segunda-feira, 9 de abril de 2007

Sumiço total do blog. Problemas técnicos. A nova fase ainda tá nova. Vai demorar a ficar velha. No começo achei que não ia acostumar nunca. Acho que é natural. Mas agora parece que nem tenho mais insegurança e nem aquelas coisas todas. Tá tudo ótimo. E vai ficar melhor ainda.

***

Enquanto isso, minha válvula de escape tem sido ouvir músicas cretinas e lesadas.

***

E entre uma pescada e outra, ouvi o Galvão chamando o Hamilton de Robinho. Quê isso? Depois o povo falou que era o apelido do cara entre os brasileiros na GP2. Não interessa. Que é tudo cretinice, isso é.

***

E hoje estarei de volta aos velhos tempos. E amanhã estarei de folga. E sexta-feira estarei morrendo de raiva.

domingo, 1 de abril de 2007

Na verdade, não tô nem aí se o Romário fizer o gol mil. Não torço contra nem a favor. Contra eu já torci no clássico contra o Fla. Claro que não queria que o gol mil fosse contra o Fla. Queria mesmo que fosse contra, mas isso não vai rolar. Então, pra mim tanto faz. Apesar de o Baixinho contar gols em jogos pelo infantil do Olaria e partidas anuladas, tomara que faça mesmo o mil e pronto. Mas que seria engraçado se o gol mil saísse no Dia da Mentira, isso seria.